quarta-feira, 3 de junho de 2009

A cumprir a "punition"

Entra em casa completamente baforida, a escorrer agua, resumindo parecia uma louca... A gritar:
Carolina - Pronto, hoje passei me e dei cabe daquela gaja!
Eu - Bem, primeiro vais te acalmar, beber um copo com agua e depois vais ter tento nessa lingua que não tas a falar com os teus colegas...
Carolina - Passei-me! Hoje já não aguentei mais e digo te já que estou de "punition"...
Não sei porquê mas aquela palavra soou me bastante mal.
Eu - Senta te aqui e com calma vais me explicar o que se passou e o porquê de teres sido punida.
Carolina - Como me tenho queixado todos os dias e nem tu nem o pai têm feito nada hoje passei... Dei lhe um pontapé e um encosto de mão.
Eu - O quê????? Tas a gozar comigo, eu já não te disse que nada se resolve à tareia, Carolina? Explica te bem e podes começar a pensar em ficares no quarto até ao final da semana...
Carolina - Pois só faltava essa! Desde o inicio que ela goza comigo, que me atira o pão pó chão, que me chama rapaz porque eu só tenho 1 brinco, que não deixa as outras meninas brincarem comigo e hoje gozou comigo quando estavamos a tomar banho, chamou me gorda e mal feita... Passei-me e roeu por todas!
Eu - Carolina!!!!!!!
Carolina - Agora vou pó quarto mas vou satisfeita, de certeza que não goza mais e ainda por cima tive de escrever 200 vezes que não se batia nos colegas e até nisso a MIUDA é lenta, eu fiz em 10m e ela numa aula toda...

10 comentários:

Ziza disse...

lolol
ahh mulher de garra!!!

Sou contra a violencia,mas hoje em dia ha pais ke n sabem educar um filho a ter respeito pelos colegas!!! Talvez excesso de mimo e de vez em quando e bom haver alguem como a tua carolina ke de o grito do ipiranga e os meta no sitio deles!!!!

Adriana disse...

Ui, a miuda promete!
Bj grande ;)

Mary disse...

Valente! E olha ...faz-me lembrar um post que escrevi na 3ª... se bem que em situações diferentes.
Mas olha ... se não gostamos que os nossos filhos batam nos outros, por um lado também têm que saber defender-se. E parece que foi o que ela fez. Da próxima vez aposto que a outra vai pensar duas vezes.
Bjs gdes

Anónimo disse...

Dá-lhe! Estou contigo Carol! Beijos com saudades, Sofia

Mamã Babada disse...

Olha eu sou contra a violência mas às vezes que é preciso é!!!
Há pessoas que só aprendem assim e força Carolina mostra o sangue português que te corre nas veias MULHER :)
Beijinhos das amigas
Licinha e Isis

Tété £ Xavier © disse...

Acerca do post acima fiquei ABISMADA com a conversa adulta da tua Carolina! Minha nossa quantos adultos deveriam ser assim... com o coração ABERTO!
Parabéns pela filha que tens que na hora certa soube apoiar-te!
Quanto ao teu amigo que partiu a vida é assim mesmo. Por vezes leva-nos quem mais amamos mas compensa-nos com outras coisas.
E por último quero dizer que AMO tudo o que é David Bowie!
Tudo de bom e muita saúde para todos aí em casa.
Beijos
Tété & Xavier

Rainha Mãe disse...

É bem verdade que devemos ensinar a não violência aos nossos filhos, contudo devemos incentivá-los a defenderem-se, pois caso contrário acabam por sofrer mais ainda. Parece-me que ela já aprendeu isso mesmo!

sonia disse...

Boa Carolina!!Hà que dar nas trombas das màzonas!!!!

Bom e quando fôr a minha vez de postar tal coisa , vou dizer as MESMAS palàvras da tua mãe...lololololol

Joana disse...

Mulher valente!! =)
Olha sou contra qualquer tipo de violência mas acho que os nossos filhos têm de se saber defender e não serem rebaixados constantamente pelos colegas se foi a forma que ela encontrou para se defender e colocar a outra no sitio dela pois fez muito bem. beijocas

Anabela disse...

Essa miúda não se fica :)
Embora ache que nada se resolve com violência neste caso ela saiu-se bem :)

Bjs