terça-feira, 5 de maio de 2009

A carta

No domingo do dia da mãe em Portugal a Baby resolveu ter uma conversa bastante interessante.
Carolina - Pai, não damos uma prenda à tua mãe?
Pai - Não. Como sabes a avó tá no céu e eu de manhã quando acordei já lhe mandei um beijo!
Carolina - Sabes, tive a falar com o mano e resolvemos que tu tens de escrever uma carta à avó Antónia com as nossas fotos e mandar pá tia e a tia dp vai pô-la na campa da avó.
Pai - Para quê? A avó já vos conhece é como a mãe te explicou, são os nossos anjinhos da guarda, não é?
Carolina - Tu não tas a perceber, eu e o mano queremos as fotos e a carta e lá vamos dizer o quanto gostamos dela, pois mas nunca a vi mas não interessa e vamos na carta pedir lhe pa ser sempre um desses anjos, pode ser?
Pai - Pode mas não há necessidade, a avó não pode ler a carta nem ver as fotos.
Carolina - (já mt irritada) Ò pai, se é como a mãe diz, a avó vai ler a carta ver as fotos e depois como é um anjo vai dar ordem ao vento e ao sol pa ler a carta, e claro quando a carta desaparecer foi porque a avó levou pó ceu, entendes...

9 comentários:

Cláudia disse...

:)

Para as crianças é tudo tão mais fácil....

beijinhos

Brigitte disse...

eheheheheh... divinal!!!!

:)

sonia disse...

Os gaijos não percebem mesmo NADA cum caneco!!

Adoravel esta menina!Jà sou fã hehehe

beijinhos

© Tété £ Xavier disse...

Simples! Nós adultos é que complicamos ;o)
Acerca da tua quuestão da pele da pilinha do Xavi, nunca fiz absolutamente nada e sempre ouvi dizer para não fazer nada...
Certamente na altura devida o médico falará sobre isso, com aconteceu agora connosco.
Bom fim-de-semana.
Beijos
Tété & Xavier

Adriana disse...

A tua filhota e um espectaculo! Gostei mt da vossa visita, voltem sempre!
Bj grande ;)

Veruska disse...

Realmente os piquenos são mesmo inocentes!!! Tens uma filhota que é um espetaculo

Beijufas

Anabelaqbd disse...

As crianças são mesmo puras e inocentes. Gostei do raciocinio.
Bjs

Patricia disse...

Adorei o texto. É incrível a capacidade de simplificar das crianças.
Bjs

Joanita disse...

Adorei a conversa!